Maestro Dante Mantovani realiza palestra na Aman

Dante Mantovani ministra palestra na Academia Militar das Agulhas Negras
O maestro Dante Mantovani, natural e residente atualmente em Paraguaçu Paulista, ministrou palestra sobre “Música e Artes de Comando” nesta segunda-feira, dia 29/08/2016, na Academia Militar das Agulhas Negras – AMAN, na cidade de Resende-RJ. A AMAN foi fundada por ordem direta de dom João VI, Rei de Portugal, Brasil e Algarves, no ano de 1811, quando então passou a chamar-se Real Academia Militar.É a única escola formadora de oficiais de carreira das Armas de Infantaria, Cavalaria, Artilharia, Engenharia e Comunicações, do Quadro de Material Bélico e do Serviço de Intendência do Exército Para ingressar na academia, é necessário prestar um concurso público anual para a Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx), situada na cidade paulista de Campinas. Nessa escola, com o título de Cadete, os jovens militares entre os 17 e os 22 anos realizam um curso de um ano, após o qual ingressam na AMAN sem que seja-lhes necessário prestar um novo concurso público.Transferida para Resende-RJ em 1940, A Academia Militar das Agulhas Negras ocupa uma área total de 67 km². Possui vários conjuntos construídos, destacando-se o Conjunto Principal (CP1/CP2) – que abriga dois pátios de formaturas, o Pátio Tenente Moura (PTM) e o Pátio Marechal Mascarenhas de Moraes (P3M), além do Estado-Maior, de refeitórios, de alojamentos estudantis e do Teatro Acadêmico (TA). O Conjunto Principal sofreu uma ampliação em 1988, dentro do projeto FT/90, de autoria do então Ministro do Exército, General Leônidas Pires Gonçalves, que dobrou as suas dimensões, principalmente em relação a refeitórios e alojamentos. O atual comandante, desde abril de 2015, é o General André Luis Novaes Miranda, que recebeu pessoalmente o maestro Dante Mantovani na AMAN, juntamente com o Major Fábio Barros, coordenador da palestra, e o condecorou com um certificado de agradecimento por sua contribuição na formação cultural dos cadetes e oficiais presentes na palestra do maestro, que contou com público de mais de 500 militares, dentre cadetes e oficiais do Exército. Dante Mantovani falou ao Jornal A semana sobre a importância da palestra; “ A formação cultural de um futuro comandante do exército brasileiro é de suma importância, pois serão os cadetes da AMAN os futuros líderes militares da nação, responsáveis pela manutenção das nossas fronteiras, da nossa soberania nacional e da independência do Brasil. Fiquei impressionado com a qualidade do ensino militar que presenciei na AMAN, principalmente a educação, o respeito e a disciplina dos alunos para comigo, para com os colegas e também para com seus superiores. Cada vez que um aluno encontra um professor, ele presta continência, sinal de respeito, e da mesma forma, pede autorização para sentar-se à mesa, para sair ou adentrar um recinto, respondem todas as perguntas de maneira educada, com ‘sim, senhor; não senhor’; enfim, um verdadeiro modelo para nossas escolas, o que acredito firmemente ser um modelo para efetiva melhoria da nossa educação pública. Outra coisa que me impressionou foi a receptividade dos militares para com a música clássica, que foi objeto da minha palestra: realmente a AMAN valoriza a cultura, a arte, o conhecimento, a música e, sobretudo, o respeito aos professores.”

Além de ser diretor da Camerata Colonial Brasileira, na cidade de Ribeirão Preto-SP, e do projeto Sinfonia Brasileira em Cremona (www.sinfoniabrasileira,com.br), O maestro Dante Mantovani tem o projeto de criar uma Orquestra Sinfônica em Paraguaçu Paulista, projeto que inclusive já teve seu início com a criação de uma Orquestra Jovem de Cordas neste ano de 2016, na Associação dos Moradores da Villa Gamonn. Sem dúvida, Paraguaçu Paulista se orgulha de ter sido enaltecida e tão bem referenciada pelo dileto paraguaçuense Dante Mantovani na mais importante Escola Militar do Brasil, a Academia Militar das Agulhas Negras!